Anoitecer no Jardim Botanico de Curitiba

Fim de semana em Curitiba

Conheça lugares que reúnem área verde, arquitetura, programas culturais e boa comida na capital paranaense.

SEXTA-FEIRA é dia de degustação na Feira da Praça da Ucrânia
Com uma ampla área verde, turismo cultural e uma arquitetura com influência de vários países, Curitiba também é um destino de dar água na boca. Descubra o motivo!
SÁBADO para visitar a Colônia Witmarsum e provar deliciosas sopas
Após o entardecer, uma simpática feirinha toma conta da Praça da Ucrânia, todas as sextas-feiras, na capital paranaense. É a tradicional “Feirinha da Ucrânia” (https://www.facebook.com/FeirinhaDaUcrania), que conta com diversos quiosques gastronômicos para atender aos mais diversos paladares. Entre as delícias, destacamos os pastéis, espetinhos, crepes, pirogues, bolinho de bacalhau e a batata suíça. Mas também vale a pena experimentar o bolinho de siri e o arroz de siri com aamarões à milanesa, vendidos na Barraca do Victor (https://www.facebook.com/BarracaDoVictor). Outra dica é aproveitar o passeio para experimentar pratos da culinária alemã da Currytiba Wurst (https://www.facebook.com/currytibawurst), acompanhados do tradicional e imperdível chope.
Imagine poder visitar uma Colônia Alemã a aproximadamente uma hora de Curitiba? Conhecer a cultura de uma comunidade que parece ter parado no tempo é uma opção de passeio para quem quer fugir dos tradicionais pontos turísticos “Ópera de Arame e Jardim Botânico”. A Colônia Witmarsum fica a 50 km de Curitiba, na antiga Fazenda Canela, no município de Palmeira. Ao chegar, você vai se sentir em um vilarejo típico Alemão e o seu dia pode ser repleto de programas interessantes, assim como visitar, pela manhã, a Feira do Produtor. Lá será possível comprar embutidos, biscoitos, queijos e geleias fresquinhas. Já para a hora do almoço sugerimos experimentar o melhor da comida alemã e, para isso indicamos três restaurantes: Bauernhaus Restaurante, Restaurante Bela Vista e Restaurante Frutilhas Lowen. No Bauernhaus, o cardápio oferece carnes como Joelho de Porco, o Eisbein, e o Kassler ou bisteca de porco. Para acompanhar, Pirogue (pastel cozido) e Quirerinha (a conhecida canjiquinha). Depois do almoço, a dica é conhecer a história da criação da Colônia no Museu de História Witmarsum, que fica em frente ao Mercado Central e é fundamental para quem quer entender um pouco mais sobre a cultura local. A aula fica por conta do historiador Heinz Egon Philippsen. Depois, que tal passear pela comunidade em um trator? Passando por plantações e também por pinheirais, a Tracktour ainda faz uma parada para piquenique e para aqueles que quiserem enfrentar o frio ao dar um mergulho no rio. Para esse passeio, é só procurar a Pousada Campos Gerais. Mas se você não gostar muito da ideia do trator, pode fazer o roteiro também cavalgando pelas áreas da Colônia.
DOMINGO com Bolinho de Mandioca no Largo da Ordem, Kuritbike e Bosque do Alemão
No retorno a Curitiba, o trajeto oferece belas paisagens e um maravilhoso pôr do sol para relaxar e curtir. E ao chegar à capital, nada melhor do que esquentar a noite saboreando deliciosas sopas. Para isso, é só dar uma parada na Acrótona (http://www.acrotona.com.br/): são mais de 30 opções de sopas e caldos para o seu jantar. Entre os sabores, indicamos as sopas de aspargos, abóbora, caldo verde e frutos do mar, além de algumas mais elaboradas, como a Borsch, que leva pernil, calabresa, repolho roxo, beterraba e chucrute. Para quem quiser uma opção no bairro Batel, a Pampyhylia (http://apamphylia.com.br/) funciona desde 1982 e também oferece um amplo cardápio de deliciosas sopas, como é o caso da Defumadinha (feijão, cenoura, chuchu, batata, repolho, aipo, costelinha defumada).
Antes de se despedir de Curitiba você também precisa experimentar um dos quitutes típicos da cidade: o Bolinho de Mandioca com Carne. Pela manhã, esse quitute poderá ser encontrado facilmente na Feira do Largo da Ordem, uma Feirinha bem tradicional, que acontece todos os domingos, e é parada obrigatória para curitibanos e visitantes. Além de muitos sabores, a Feirinha também oferece artigos para levar de lembrança como peças de artesanato, decoração e vestuário, entre outros. Depois desse passeio pelo Largo da Ordem, você ainda pode aproveitar para andar de bike por alguns cafés da cidade junto com a Kuritbike (http://kuritbike.com/): um dos poucos BikeTour de degustação de café existentes no mundo. No total, o percurso passa por quatro cafeterias para que, e em cada uma, seja possível conferir uma sensação diferente. A Kuritibike ainda oferece roteiros noturnos e vespertinos, através dos quais é possível conhecer bares, arte urbana e parques da cidade.
Falando em parques, aproveitar o período da tarde para descansar e respirar ar puro em alguns dos parques e bosques de Curitiba é sempre uma boa pedida! O Bosque Alemão, por exemplo, localizado no bairro Jardim Schaffer, homenageia a cultura e a tradição que os imigrantes trouxeram para a cidade. Lá, o visitante pode visitar o Oratório Bach, uma sala de concertos, e a Torre de Filósofos com um mirante. Ao percorrer a trilha do Bosque, que conta a clássica história de João e Maria, dos Irmãos Grimm, chega-se à Casa Encantada, uma biblioteca infantil que busca estimular a leitura entre as crianças. Outro parque, que também é uma homenagem a antigos moradores da região, é o Tingui. Referência aos índios, primeiros habitantes onde foi fundada a cidade, o Parque Tingui hospeda o Memorial Ucraniano, que celebra o país e seus imigrantes que vieram fazer do Paraná a sua casa.
Recomendamos
jaraguá do sul
balneário camburiú
joinville
blumenau

Pontos turísticos de Curitiba
Roteiro de fim de semana em Salvador
Roteiro para o fim de semana em Belo Horizonte
Roteiro para o fim de semana em Fortaleza



Compartilhar por e-mail Compartilhar on Twitter Compartilhar on Facebook
xiti="content::::nearbyhotels&f1=[]&f2=[curitiba]"> Veja os hotéis

balneário camburiú

Veja os hotéis

joinville

Veja os hotéis

blumenau

Veja os hotéis