Snorkeling e mergulho em Santa Marta

O que fazer em Santa Marta: 5 praias para fazer snorkeling e mergulho

Confira os melhores lugares para apreciar a beleza dos cardumes e corais no mar cristalino da Colômbia

Quer saber o que fazer em Santa Marta? Com algumas das mais belas e conservadas praias da América do Sul, a cidade é um destino incrível para quem gosta de mergulhar. Seja com snorkel ou com cilindro de oxigênio, confira as melhores dicas para tornar sua viagem ainda mais interessante!
Snorkel, snorkeling, scuba diving ou cilindro: qual a diferença?
Quer se familiarizar melhor com as diferentes modalidades de mergulho para planejar essa aventura? Vamos lá! Snorkeling é a modalidade que se faz sem entrar nas regiões mais profundas do mar. Com óculos e snorkel (tubo em que uma extremidade fica para fora da água e outra na boca), você nada pela superfície - de onde consegue ver todas as belezas marítimas e relaxar. Nas áreas mais rasas, aprecie lindos corais e peixes, e nas mais profundas você pode dar um rápido mergulho prendendo a respiração. Além de aproveitar a exuberante natureza aquática, você não vai precisar se preocupar com o aluguel de equipamentos mais elaborados. Já o scuba diving é o mergulho submarino que se faz com o cilindro de oxigênio nas regiões mais profundas do mar. Para praticar essa modalidade é preciso ter um certificado, dado após o curso de capacitação oferecido pelas empresas que levam os mergulhadores até o mar. Vale lembrar que tanto no snorkeling quanto no mergulho submarino, é preciso contratar o passeio por agência. Agora, saiba em quais praias de Santa Marta aproveitar essas incríveis práticas de mergulho!
Playa Blanca
A famosa Playa Blanca, de areias cinzas e mar verde escuro, tem uma boa estrutura de barracas e restaurantes, espaço para tomar sol e brincar entre as ondas. Mas, o que realmente atrai os turistas para a região são as opções para a prática de snorkeling e mergulho. Na primeira, a vida marinha fascina por conta da diversidade de peixes coloridos que passeiam entre as pedras e recifes. Já o mergulho submarino encanta por causa dos corais gigantes e uma embarcação naufragada. Com o oxigênio, roupa de neoprene e corda-guia, você chega perto dela, que, coberta pela vegetação aquática, está em posição de navegação – uma raridade de ser vista nos acidentes marítimos. Essa combinação de elementos faz do passeio um momento inesquecível.
Taganga
A Praia Taganga, que já foi uma simples vila de pescadores atrás das montanhas, hoje é um famoso e movimentado ponto de encontro para quem gosta de mergulhar. Por lá, o relaxante snorkeling é uma alternativa bastante procurada. Mas, quem deseja o mergulho submarino também pode aproveitar, e com uma vantagem: o certificado recreativo da área é um dos mais econômicos da cidade. E a paisagem, para qualquer uma das modalidades, é de encher os olhos: os fascinantes (e ameaçados de extinção) corais esféricos “formato de cérebro”, como são conhecidos por conta de seus desenhos, marcam presença ao lado de inúmeras espécies de peixes e dos tradicionais e encantadores recifes coloridos. É um contato único com a grandeza da biodiversidade do nosso planeta, não?
La Piscina, Playa Cristal e Cabo de San Juan no Parque Tayrona
Dentro do Parque Tayrona - uma incrível reserva natural de 12 mil hectares – nas praias de La Piscina, Cristal e Cabo de San Juan você pode brincar despretensiosamente nas águas azuis e cristalinas caribenhas ou ainda aproveitar para explorar a vida marítima mais de perto. Apesar de alguns pontos permitirem o mergulho com cilindro, a pedida favorita dos visitantes é o snorkeling. Super-relaxante e tranquila, essa é uma prática que permite que você aprecie toda a destreza das estrelas-do-mar, a exuberância do peixe-leão, as cores vivas dos corais e a diversão dos cardumes. Além disso, visitar as praias do Tayrona é uma oportunidade imperdível para conhecer parque.
Recomendamos




Compartilhar por e-mail Compartilhar on Twitter Compartilhar on Facebook
Veja os hotéis